fbpx

Descubra a arte de Bruxelas sem gastar muito: Tudo sobre o "passe do museu"

Descubra a arte de Bruxelas sem gastar muito: Tudo sobre o "passe do museu"
Museu de Ciências Naturais (c) Pierre halleux

Atualizado em 24 de maio de 2023 por pierre

Turista de passagem, ou morador da capital, se você é apaixonado por arte ou história, isso deve te interessar! De fato, se você planejou visitar os muitos museus da cidade, nos próximos dias ou semanas, certamente já ouviu falar do "Museum Pass". » Este passe permite-lheacesse vários museus em Bruxelas, com um único cartão de entrada.  Ao mesmo tempo, você pode desfrutar de muitos benefícios exclusivos, como descontos em lojas de museus e restaurantes.

Neste artigo, contaremos tudo o que você precisa saber sobre o Museum Pass e como ele pode ajudá-lo a aproveitar ao máximo sua visita aos museus de Bruxelas.

Se aterrar em Bruxelas não perca o nosso artigo: Visite Bruxelas em um dia!

Você disse “Museum Pass” (Brussels Museum Card)

O Passe do Museu de Bruxelas é um ferramenta valiosa para os amantes da arte e da cultura que desejam explorar as muitas maravilhas que a cidade tem a oferecer. Este passe foi lançado em 2018. Desde então, continua a encantar muitos turistas e residentes de Bruxelas. Ele oferece aos visitantes acesso a mais de 100 museus e exposições temporárias em Bruxelas e em seu entorno. Além disso, oferece descontos em eventos culturais e lojas de museus. É uma verdadeira jóia para os amantes da cultura e da história. Se você tem fome de cultura, não perca a sequência! Vamos apresentar a você em detalhes o Passe dos Museus de Bruxelas, suas vantagens para os visitantes e sua história fascinante.

As vantagens do passe museu

O Passe do Museu de Bruxelas é uma espécie de gergelim para todos os amantes da arte e da cultura. Mas o que é realmente esse passe e quais são seus benefícios? Aqui estão suas vantagens:

  • A principal vantagem do Museum Pass é, sem dúvida,acesso ilimitado a mais de 100 museus na cidade de Bruxelas e seus arredores. Com este passe, você pode visitar quantos museus quiser, sem ter que se preocupar com a entrada. É, portanto, uma solução econômica para visitantes regulares e amantes da arte. Mesmo depois de visitar um museu, você pode voltar no final do ano para revisitá-lo!
  • Descontos em algumas exposições temporárias, atividades culturais e eventos organizados por museus parceiros.
  • Evite as filas e entre diretamente nos museus. Isso pode ser particularmente útil durante os períodos de pico do turismo. Ideal se você estiver visitando Bruxelas por um curto período de tempo ou se tiver filhos.
  • Uma ótima maneira de descubra toda a riqueza e diversidade cultural de Bruxelas e sua região. Inspire-se… Você provavelmente irá a museus que nunca imaginou. Ao visitar diferentes museus, você poderá descobrir obras e objetos de arte únicos, além de emocionantes exposições sobre história, ciência, música e muitos outros assuntos.
  • Vantagens extra: alguns museus oferecem-lhe um extra: um café grátis na cafetaria, um cartaz grátis, desconto na loja do museu,

Resumindo, o Museum Pass é um must-have para todos os amantes da arte e da cultura que desejam descobrir as riquezas de Bruxelas e sua região de forma econômica e prática.

Museus incluídos no passe do museu

O Brussels Museums Pass dá acesso a mais de 100 museus espalhados pela cidade, incluindo alguns dos mais famosos e emblemáticos de Bruxelas. Dentre eles, podemos citar o Musée Magritte, o Museu Cinquantenaire, o Museu Real da África Central, o Museu
Horta, o Museu BELvue, o Museu de Arte Moderna, o Museu de Instrumentos Musicais e muito mais.

Museus em Bruxelas

 

Museu de Ciências Naturais (c) Pierre halleux
Museu de Ciências Naturais (c) Pierre halleux

Os museus mais conhecidos incluídos no passe localizado em Bruxelas são provavelmente os seguintes:

  • O Museu de Arte Antiga : também conhecido como "Museu Real de Belas Artes da Bélgica", abriga uma rica coleção de arte europeia, incluindo obras de Rubens, Bruegel e Van Dyck. O museu também apresenta exposições temporárias de arte contemporânea.
  • O Museu de Instrumentos Musicais : este museu é um dos mais originais de Bruxelas. Abriga mais de 8 instrumentos musicais de todo o mundo, desde o século XVII até os dias atuais.
  • O Museu da Horta : dedicado ao arquitecto belga Victor Horta, este museu apresenta a obra deste mestre da Art Nouveau. A mansão, localizada em Saint-Gilles, foi projetada pelo próprio Horta e é considerada uma das mais belas realizações da Art Nouveau na Bélgica. Não perca os nossos artigos sobre a Horta e os seus edifícios míticos.
  • O Centro Belga de Banda Desenhada : este museu é dedicado à história e à arte dos quadrinhos. Abriga uma vasta coleção de obras originais, cartazes e objetos relacionados com a banda desenhada belga. Os visitantes também podem conhecer a criação de uma história em quadrinhos, desde o roteiro até a produção final. não perca nosso artigo dedicado aos quadrinhos.
  • O Museu Magritte : localizado na Place Royale, o museu Magritte é dedicado ao famoso artista belga René Magritte. Abriga o maior acervo de obras do artista no mundo, além de documentos, cartas e fotografias. Os visitantes podem conhecer os diferentes períodos da vida do artista e suas técnicas de pintura.
  • O Museu de Ciências Naturais : este museu é dedicado à natureza e à história da Terra. Os visitantes podem encontrar fósseis, esqueletos de dinossauros, bichos de pelúcia e coleções de minerais aqui. O museu também apresenta exposições sobre a evolução e o meio ambiente. Não perca nosso artigo sobre o Museu de Ciências Naturais
  • O Museu Judaico da Bélgica : localizado no distrito europeu, o Museu Judaico da Bélgica apresenta a história da comunidade judaica na Bélgica, desde a vida cotidiana até a Shoah. O museu abriga uma coleção de objetos rituais, documentos e fotografias.
  • O Museu de Arte e História : Anteriormente conhecido como Museu Cinquantenaire, o Museu de Arte e História apresenta coleções de arte e arqueologia de todo o mundo, desde a Antiguidade até o século XX. Os visitantes podem descobrir artefatos do Antigo Egito, Grécia Antiga, arte islâmica e muito mais

Para consultar a lista total de museus, acesse o site oficial aqui.

Museus fora de Bruxelas

Rota dos Quadrinhos de Bruxelas Palais de Justice
Rota dos quadrinhos de Bruxelas

Para deleite de jovens e idosos, o passe do museu permite que você faça excursões fora de Bruxelas.

Aqui estão alguns dos nossos favoritos:

  • Museu da Batalha do Bulge : Localizado em La Roche-en-Ardenne, este museu oferece exposições interativas e multimídia para explorar a história da Batalha do Bulge.
  • O Museu de Ciências Naturais de Tournai : Este museu oferece exposições sobre a biodiversidade e as ciências naturais, bem como sobre a história natural da região de Tournai.
  • Museu de Arte Moderna de Middelheim : Localizado em Antuérpia, este museu abriga uma impressionante coleção de arte moderna e contemporânea, com obras de Rodin, Zadkine, Henry Moore e outros artistas.
  • O Museu de Fotografia de Charleroi : Este museu é dedicado à história da fotografia, com uma coleção permanente de mais de 80 imagens, além de exposições temporárias de artistas contemporâneos.
  • O Museu Hergé : Localizado em Louvain-la-Neuve, este museu é dedicado à vida e obra do autor belga Hergé, criador de Tintim.

Como comprar e usar o passe do museu em Bruxelas

Você pode escolher entre comprá-lo online ou diretamente em um museu participante.

On-line É muito simples. Basta acessar o site oficial ici. Em seguida, você pode baixar o aplicativo “museum pass” e adicionar seu passe físico. Tudo o que você precisa fazer é mostrar seu passe na entrada do museu.

Se você não é digital, vá a um museu. Tudo o que você precisa fazer é comprar seu passe na entrada e baixar o aplicativo.

O preço anual do passe do museu é de € 59

Dicas para uma visita de sucesso a Bruxelas

Se você planeja usar o Brussels Museum Pass para visitar vários museus, aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a otimizar seu tempo e aproveitar ao máximo sua experiência:

  1. Planeje sua visita de acordo com seus interesses : Pode ser tentador querer ver tudo, mas pode ser cansativo e insatisfatório. 220 museus em 365 dias, é mais do que um museu por dia 🙂 Então reserve um tempo para planejar sua visita de acordo com seus interesses e priorize os museus que você realmente quer ver primeiro.
  2. Evite as filas : Algumas atrações podem ter longas filas, o que pode levar muito tempo e reduzir seu tempo para explorar o museu. Para evitar as filas, procure visitar os museus fora dos horários de pico, como no início da manhã ou no final da tarde. Você também pode reservar seu ingresso online com antecedência para certas atrações e exposições
  3. Otimize seu tempo com o passe do museu. Para maximizar o seu tempo, tente visitar vários museus no mesmo dia, especialmente aqueles localizados próximos uns dos outros.
  4. Feito um tour grátis por Bruxelas

Seguindo estas dicas, você pode desfrutar de uma experiência de museu enriquecedora e memorável com o Brussels Museum Pass.

Conclusão

Este passe oferece uma grande variedade de experiências para todos os gostos. Ele permitirá um planejamento flexível de sua visita, o passe permite que você otimize seu tempo e maximize sua experiência de visita. Embora o preço possa parecer alto, o Brussels Museum Pass oferece uma excelente relação custo-benefício para visitantes que desejam explorar vários museus durante o ano. Se procura descobrir os tesouros culturais da Bélgica de uma forma prática e económica, o Brussels Museum Pass é definitivamente uma opção a considerar!

pierre

Quase um pé na capital belga, Pierre lança "InsideBrussels.be", a ideia é simples: "O que fazer? Onde ir comer ou beber?" Empreendedor de coração, este não é o seu primeiro projeto! Longe de lá. Assim como o vinho, com o tempo o projeto melhora! Pierre não hesita em partilhar os seus favoritos e os melhores endereços de restaurantes de Bruxelas que lhe poderá recomendar de olhos fechados.